HISTÓRIA

    O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Unaí – Saae foi criado pela Lei Municipal nº 504, de 27 de novembro de 1967 e reinstituído pela Lei Municipal nº 2.309, de 08 de julho de 2005, modificando sua denominação para Serviço Municipal de Saneamento Básico. Os serviços prestados pelo Saae são: Captação, tratamento e distribuição de água potável, coleta e tratamento de esgoto e drenagem pluvial urbana.

    Na época, a cidade não dispunha de qualquer serviço de abastecimento de água potável e de coleta de esgoto sanitário. A água consumida pela população era captada de cisternas, e os esgotos sanitários tinham como destino final as fossas negras. A partir de 1968 tiveram início as obras de implantação dos sistemas de água e esgoto. Os recursos aplicados na construção dos sistemas originaram-se do convênio firmado entre Prefeitura Municipal de Unaí – PMU e Fundação Especial de Saúde Pública, juntamente com recurso do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID. Assim, foram construídos os primeiros poços, o Reservatório da Praça São Cristóvão, a adutora e redes de distribuição de água.

    Em 1986 foi inaugurada a Estação de Tratamento de Água – ETA convencional com capacidade para 82 l/s, com desinfecção e fluoretação da água tratada. Hoje tem capacidade para 250 l/s e floculadores mecânicos. Atualmente ela é responsável por 91% do abastecimento de água no perímetro urbano, sendo que os 9% restantes são realizados através de poços tubulares.

    O sistema de água atual conta com uma extensão de 433.066 metros de rede de distribuição em tubos de PVC e cimento, amianto com diâmetros entre 50 e 300 mm, abastecendo, até maio de 2017, a 22.852 ligações, todas hidrometradas com medidores de 1,5 a 20 m/h. com um atendimento de 99,1% da população urbana.

    O monitoramento da qualidade da água é executado em modernos laboratórios atendendo a todos os padrões de potabilidade exigidos pela portaria nº 2.914, de 12 de dezembro de 2011 do Ministério da Saúde.

    O sistema de esgoto iniciou-se juntamente com o abastecimento de água, atendendo atualmente 20.732 ligações domiciliares com 273.093 metros de extensão de rede.

    Em 16 de setembro de 2001, foi inaugurada a Estação de Tratamento de Esgoto – ETE, com capacidade para atender uma população de 65.000 habitantes. Sendo que hoje atende a 61.263 habitantes.

    Do esgoto que é coletado pelo Saae, 100% é tratado na Estação de Tratamento de Esgoto – ETE. A finalidade do tratamento é alterar suas características físicas, químicas e biológicas, de forma que o esgoto tratado possa retornar ao Rio Preto em condições semelhantes do próprio rio, não causando um impacto negativo ao meio ambiente.

    Em 08 de julho de 2005 esta autarquia assumiu o Sistema Público de Drenagem Pluvial. Por essa razão, a lei de criação do Saae foi reestruturada através da Lei Municipal nº 2.309/05, modificando sua denominação para Serviço Municipal de Saneamento Básico.

    A drenagem é um conjunto de obras construídas com a finalidade preventiva de evitar inundações causadas pelo excesso de águas pluviais.

    Atualmente o Saae é uma autarquia municipal, com personalidade de direito público e dispõe de autonomia orçamentária, econômica, financeira, técnica, administrativa e patrimônio próprio. O atual diretor geral é o Senhor Geraldo Antônio de Oliveira e seu quadro de funcionários é formado por 142 servidores efetivos, sendo 53 administrativos e 86 na operação e manutenção dos serviços de saneamento e 3 servidores comissionados, além de estagiários de diversas áreas, em convênios com as instituições Instituto de Ensino Superior Cenecista – INESC; Unitec Noroeste Ltda; Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes; Faculdade de Ciências e Tecnologia de Unaí – FACTU; Faculdade do Noroeste de Minas – FINOM.

    O Saae de Unaí é responsável em operar, manter, conservar e explorar, diretamente, os serviços de água, esgoto sanitário e drenagem pluvial urbana na sede, nos distritos e nos povoados, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e das condições ambientais deste município.

    Atualizado em junho de 2017.